Ford prevê carros sem volante e pedais nas ruas em 2021


Ford e o Baidu, gigante de busca chinês, investiram juntas US$ 150 milhões na Velodyne, que faz um componente chave em carros de direção autônoma. Segundo a montadora americana, modelos sem volante ou pedais estarão nas ruas em 2021.

"A próxima década será conhecida pela automação dos carros, e nós vemos o impacto dos autônomos como sendo tão importante quanto a linha de montagem da Ford há 100 anos", afirmou em nota Mark Fields, presidente da montadora.

A fabricante afirma que em 5 anos os modelos autônomos já serão produzidos em larga escala e serão voltados para o compartilhamento, como "robô-táxis".

O diretor técnico da Ford, Raj Nair, disse que a companhia provavelmente não oferecerá carros similares, sem volante ou pedais, para os consumidores até 2025 ou depois.

"Estamos nos dedicando em colocar nas ruas veículos autônomos que podem melhorar a segurança e resolver desafios sociais e ambientais para milhões de pessoas - não só para quem pode pagar por carros de luxo", completou Fields.

Para atingir este objetivo, a Ford investe e pesquisa, mapeamento 3D, radares e sensores, como o da Velodyne, que são baseados em laser.

O investimento anunciado nesta terça-feira (16) visa a acelerar o desenvolvimento de sensores a laser e ampliar o uso em sistemas avançados de assistência ao condutor e autônomos.

Fields disse também que a montadora está dobrando o tamanho de sua equipe de pesquisa do Vale do Silício, em Palo Alto, para mais de 300, e aumentando o desenvolvimento de veículos autônomos.

Ele não quis dizer se a Ford planeja uma parceria com o Uber ou o Lyft no empreendimento de compartilhamento de veículos, dizendo que "todas as opções estão na mesa".

O Baidu disse em abril que tinha estabelecido uma equipe de carros autônomos nas proximidades de Sunnyvale, Califórnia, com foco no desenvolvimento de tais tecnologias facilitadoras como visão computacional, robótica e aprendizagem automática.

 

fonte:http://g1.globo.com/carros/noticia/2016/08/ford-e-baidu-investem-em-fabricante-de-sensor-para-carro-autonomo.html